Digamos que foi inspirada (ou copiada, mesmo) em um recurso bem parecido do Snapchat. Seria um tipo de vingança de Mark Zuckerberg, que fez uma oferta de US$ 3 bi pela rede social em 2013, mas foi recusado.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *